segunda-feira, 7 de março de 2011

Ainda sobre o Festival da Canção

Deixo aqui um link ao uma notícia do Blitz sobre a vitória dos Homens da Luta no Festival da Canção. Recomendo a sua leitura e sobretudo o visionamento do vídeo. É uma entrevista ao actor que dá corpo a um dos Homens da Luta.

Só há uma senão nesta história toda. Uso este link como podia usar outros. Anda meio mundo a comentar os assobios, as vaias no final do programa como se fosse uma reacção do poder instituído contra o decisão do "Povo". Estou certo que esse meio mundo não costuma ver o Festival da Canção. Desde que o sistema de eleição é constituído por júris distritais e pelo televoto que no final há vaias e apupos.

1 comentário:

Daniel Fortuna disse...

Mas essa interpretação de que os apupos representam a reacção contra a voz do povo é má? Trata-se efectivamente da voz do povo, qual povo? O povo descontente, é povo que chegue como todos concordaremos. Por outro lado, a reacção e os apupos podem ser apenas por o publico preferir que tivessem ganho outras canções que os mesmos curtiam mais ... booom boom yeaahhhh!.... mas não é tão bom pensar que temos ali um inimigo? Pensar que temos ali "a reacção"? Isto para dizer o que? Dizer que reflectir sobre isto dá-nos a ganhar a todos. Um abraço!